SEJA MEMBRO DO BLOG JOAÍMA

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O PITORESCO DAS RUAS ANTIGAS DE JOAÍMA - "A BAIXA QUENTE"


Região de baixada, situada ás margens do rio São Miguel, na confluência com o ribeirão de água Branca, próximo aos Quartéis (Centro Histórico Municipal), sempre alagada nos períodos chuvosos. Na região havia muitas moradias próximo à ponte que dava acesso ao centro  e possuía muitas vendas onde se comercializavam cachaças e afins.  Constantemente  ocorriam brigas entre os freqüentadores que resultavam em agressões físicas e verbais com o uso de armas de fogo e facas, daí nasceu a denominação de Baixa Quente.

Fotos abaixo: Aspectos da Vila Operária (Baixa Quente).  Nos dias de hoje  a Vila Operária(antiga Baixa Quente) conta com uma bela reserva florestal  (O BOSQUE), asfalto,  lavajato (André), Igreja Evangélica (Assembléia de Deus), produção de vasos e filtros de cerâmica (Hudson), oficina mecânica (Toninho de ioiô), olarias e uma adutora de rede de esgostos (COPASA).










2 comentários:

  1. naqueles tempos havia na baixa quente um laticinio,era um lugar muito bonito,ainda existe?

    ResponderExcluir
  2. recordo-me também. Existia sim um laticínio. A famosa COPRIMA (Cooperativa dos Produtores Rurais de Joaíma). O laticínio foi desativado na época com a chegada da CCPL, local onde hoje é a UNIMONTES. O prédio ainda existe, porém encontra-se totalmente depredado.

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: